Breaking News
recent

Modo - Destaque do mês


LHAISA ANDRIA – ALMAKIA
Sinopse:
Em um mundo onde existem pessoas com capacidades extraordinárias, vivendo em uma
sociedade abastada e preconceituosa, desde pequena Garo-lin foi uma garota deslocada:

uma vilashi, frequentando o exclusivo Instituto de Almaki Dul’Maojin. Mesmo sendo
tratada como uma simples e inevitável pedra no caminho dos orgulhosos almakins,
engole todo o seu senso de justiça e tem por único objetivo terminar sua educação e
voltar à sua vila. Porém, devido a um incidente ela se vê presa pelas circunstâncias, e
dali em diante, todo o seu destino está nas mãos dos temidos Dragões de Almakia.
Sobre a obra:
Garo-lin se revela uma improvável manejadora de almaki e acaba indo para o
grandioso Instituto de Almaki Dul’Maojin. Sendo uma vilashi, ela não é exatamente bem
vinda entre os alunos, e o choque cultural é agravado pelo preconceito que impera.
Ainda, é preciso conviver com uma realidade que a deixa desnorteada: os Dragões de
Almakia, herdeiros das poderosas Famílias, que têm liberdade para exercerem a
influência de seus títulos, beirando uma ditadura. Dentro desse cenário, tudo o que
Garo-lin deseja é voltar para a sua vila, e seguindo essa convicção ela sobrevive um dia
de cada vez entre os almakins. Até que um fato fez seu temperamento justo prevalecer:
para salvar alguém, ela se torna uma vítima permanente dos Dragões.
Contudo, a convivência forçada com os herdeiros e as desventuras que vivem, revelam
que eles não são somente o título que carregam. Os Dragões são aqueles que têm o
poder de decidir o rumo de Almakia, e Garo-lin se torna aquela que pode ditar o rumo
dos Dragões.
Desde antes de iniciar o processo editorial de Almakia, a obra já cativava seus primeiros
fãs. Verônica Sobreira, revisora do livro que faz parte da equipe do blog literário Tribo
do Livro, se encantou com a leitura e anunciou isso da melhor forma possível: a
primeira resenha da obra.
Nela Verônica aponta pontos importantes da história que vão além da ficção criada pela
autora, que estão diretamente ligados aos valores que podemos encontrar durante a
leitura.
Não é fácil encontrar escritores que consigam fugir do lugar comum e criar algo que seja
novo, que não se embase em fórmulas desgastadas e repetitivas. Por isso quando
encontramos algo novo, temos que brindar e reconhecer a excelência de um trabalho,
especialmente quando este traz junto consigo lições de amizade, bondade,
desprendimento, amor…; quando o livro se escreve pelas entrelinhas.
Disponível em: http://almakia.wordpress.com/resenha
E traz uma análise sobre como o andar atual da literatura jovem, que está se renovando
e trazendo surpresas com novos nomes.
A literatura brasileira sempre careceu do principal: leitores. É verdade que temos grandes
clássicos que hoje, não só hoje, há algum tempo são lidos lá fora. Isso é de suma
importância. Porém, na literatura infanto-juvenil, essa que é responsável por formar
novos leitores, sempre tivemos poucas opções. Óbvio que muitos de nós na infância,
lemos os clássicos infantis, como por exemplo Reinações de Narizinho, mas mesmo
assim ao longo dos anos estudos perceberam que faltavam e ainda faltam muitas coisas.




Beijos Blanc
Moda e eu

Moda e eu

6 comentários:

  1. OBAAAAA!!
    SUPER DESTAQUE

    ResponderExcluir
  2. Boa noite,

    Não conhecia esse livro, e achei muito interessante, parabéns pelo post...abçs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Gostei bastante, valeu a dica!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.