Breaking News
recent

Resenha || O pai misterioso do meu bebê


O pai misterioso do meu bebê
Jéssica Macedo
ISBN: B09D3WN2W5
Ano: 2021 / Páginas: 451
Idioma: português
Editora: Grupo Editorial Portal : Selo Segredo

Rico desde que nasci, cresci numa redoma, distante das pessoas comuns e convivendo apenas com outros como eu. Herdeiro, prestes a assumir um império, era tratado como tal. Entretanto havia algo em mim que me impulsionava a querer conhecer uma versão do mundo onde as pessoas não me vissem como o futuro CEO da Fontana Empreendimentos.

Em uma louca aventura, peguei o carro do jardineiro e me passei por motorista de aplicativo, conhecendo pessoas diferentes e indo a lugares da cidade que nunca havia frequentado. Foi então que eu a conheci.

Aos prantos, Thaís entrou no carro depois de ter visto o ex-namorado a traindo. Decidi levá-la para se distrair, mas a nossa noite acabou indo muito além de um sanduiche e algumas risadas.

Então o meu pai ficou doente e eu precisei deixar de lado as distrações para assumir a minha responsabilidade com todo o legado que ele estava deixando para mim. Achei que nunca mais voltaria a ver a Thaís, mas a reencontrei um tempo depois e descobri que estava grávida e eu era o pai do bebê. Mas, para ela, eu não passava de um humilde motorista, então vi a oportunidade de construir uma relação que não fosse fundamentada no meu dinheiro. Porém mentiras não duram para sempre. Em algum momento eu teria que contar para ela quem eu era de verdade.

Esse foi um dos melhores da Jéssica.
Thaís encontra seu noivo na cama com uma mulher e acaba, na hora da raiva, transando com o cara do uber. O que ela não sabe, que na verdade, ele era rico.
Ricardo está no pior momento da sua vida, descobrindo que o pai está morrendo e passando pela dor da perda e se vendo em um novo lugar. O CEO da empresa além de pai.

Gostei da história, achei gentil, romântica, aquele amor arrebatar que nasci do nada como um vulcão.
História linda!

@ Moda e Eu.

@ Moda e Eu.

Prepare-se :) a contagem vai começar! "A arte de ignorar um desvio de comportamento, um costume, uma forma de sobrevivência, um mecanismo de defesa, de resistência, ou conseqüência do egoísmo e do medo. " Sthéfanie Paula Cachoeira rezena

Nenhum comentário:

Postar um comentário