Breaking News
recent

Resenha || Destinada ao Capo





Destinada ao Capo
Submundo # 1
Stella Gray
Em busca de uma matéria inovadora e revolucionária para o jornal em que trabalha, Amélia McAdams conseguiu uma entrevista com o Capo da Máfia Italiana em Las Vegas, mesmo sob ameaças e vários "nãos". O Capo da Cosa Nostra, Demetrio Gratteri, mostrava-se intocável, acima da lei e de qualquer liderança na cidade; o nível de periculosidade e mistério ao seu redor serviram somente para atiçar ainda mais a curiosidade da jovem jornalista.

Indo para a toca do lobo, Amélia tinha tudo sob controle, perguntas revisadas inúmeras vezes, bem-vestida, com a mente no lugar e nenhum pouco intimidada com os homens da máfia ao seu redor, ela foi até o Capo. Esperando surpreender com suas indagações, Amélia quem foi surpreendida ao confrontar Demetrio olhos nos olhos pela primeira vez. Que ele era a beleza italiana em pessoa ela sabia, mas ela jamais imaginaria que não estaria preparada para presencia-la tão próxima de si.

Amélia deveria saber que envolver-se com a máfia de qualquer forma não era uma boa ideia, desde o início. Ainda mais expondo o chefe da mesma. Entrar nesse jogo foi uma aposta perigosa, agora ela encontra-se sendo perseguida pelo temido Capo. Envolvida pela sensualidade de Demetrio Gratteri, Amélia fugirá de todos os danos que ele lhe pode causar, ou irá se envolver ainda mais?

O medo deveria ser mais forte, o senso de sobrevivência deveria regê-la. Infelizmente, Amélia McAdams estava mais envolvida do que jamais imaginou que estaria.


PRIMEIRO DE TUDO, É UM LIVRO DARK!
E envolve um mundo fictício da máfia!

Sabendo disso, vamos ao livro.
Amelia é uma repórter em Las Vegas e decide querer entrevistar o Capo Demetrio.
Ela se vê presa entre um homem proibido afinal, é o reflexo de várias coisas ruins, mas também é o homem que aquece seu coração.
No livro vemos bem essa contradição dentro dela, na duvida de qual caminho quer seguir. 

Eu amei "Destinada ao Capo" e a Série Submundo. O mudo criado pela autora Stella Gray é muito interessante. Sentimos junto com a Amelia a mudança na vida de alguém que nasceu fora da máfia e se infiltrou no mafioso. A gente fica linha por linha torcendo para que eles fiquem juntos. Afinal, a máfia tem todo um código de conduta que deve ser seguido!

Serpentine, Stella, parabéns!
O livro está lindo... Aguardando os próximos da série!

@ Moda e Eu.

@ Moda e Eu.

Prepare-se :) a contagem vai começar! "A arte de ignorar um desvio de comportamento, um costume, uma forma de sobrevivência, um mecanismo de defesa, de resistência, ou conseqüência do egoísmo e do medo. " Sthéfanie Paula Cachoeira rezena