Breaking News
recent

Modo - +lançamentos


Este livro foi o primeiro mais popular nas pesquisas e no site da editora.
DADOS SOBRE A OBRA
A Origem é o primeiro livro da trilogia O Segredo de Esplendora, e conta a história de
Heather Jane Cohen, uma jovem cientista bastante confusa que, em quarenta e oito
horas, tem sua vida completamente transformada. De volta à sua cidade natal,
Heather recebe, em uma noite, a visita de Mills, uma entidade desmaterializada que
se apresenta como seu anjo protetor. Descrente acerca de qualquer possibilidade de
anjos existirem, Heather considera estar passando por um surto psicótico e dirige sem
rumo pela noite, até encontrar-se com o misterioso Wesley - quem ela descobre ser
um vampiro. Depois de ser atacada e conseguir sobreviver, Heather é capturada por
Henry e Stuart, outros dois vampiros que dividem o covil com Wesley, e forçada a
compreender algo que está além de suas possibilidades: existe um mundo
completamente diferente daquele que ela conhece, que ultrapassa todas as fronteiras
da ciência, ao qual ela faz parte integral. A partir dessa descoberta fantástica, Heather
obriga-se a buscar a sua verdadeira origem, na intenção de obter respostas para as
muitas dúvidas que surgiram com a revelação desse universo de magia. Não bastasse
a nova realidade colocada à sua frente, Heather ainda precisa enfrentar a ira de uma
cidade que acredita que ela seja o Anjo do Apocalipse e que pretende forçá-la a coisas
que ela não deseja fazer, e a paixão descontrolada que sente por aquele que deveria
repudiar - o sedutor e secular vampiro Henry.

AGRIDODE, Simone Marques
Este livro é o segundo mais popular nas pesquisas e no site da editora.
Estão acontecendo dois Booktours com o livro, o que implica que estará com
aproximadamente vinte leitores diferentes nas próximas semanas, portanto, devem
aparecer novas resenhas em breve.
Resenha de Georgette Sillen
O Agridoce sabor de uma tentação
Anya era diferente. Sempre foi. E não apenas pelo fato de ser tímida, recatada, CDF
(como diziam os amigos) ou não curtir as mesmas coisas que eles, jovens de sua
idade, no auge dos vinte anos.
Não, Anya sabia que era diferente. E, na medida do possível, vivia em concordância
com tudo o que lhe fora imposto pela necessidade. Tinha um pai adorável e superprotetor, uma avó inflexível, dominadora, mas que a amava sinceramente por

ser a única lembrança viva da filha, a mãe que Anya mal conhecera. Frequentava a
universidade de gastronomia, era uma perita em aromas e temperos, e conquistara a
afeição e a admiração de alguns colegas do sexo oposto, inebriados pelos seus
fascinantes olhos de bombons. Mas o que ela não desconfiava é que todas as suas
restrições, as aparentes condições de saúde que a tolhiam de uma vida normal na
verdade eram apenas a ponta de um iceberg, um gigantesco bloco que veio a tona
numa noite, à beira mar, arrastando Anya para um mundo de novas descobertas,
cativando-a pelo seu aroma Agridoce.
E nesse turbilhão de rodamoinhos do destino, Anya descobriu o “efeito borboleta”
que aquela noite provocaria em sua vida. E as novas condições que a acolheriam pelo
Ciclo do Despertar. Anya era difer ente? Sim. Mas agora ela era bem mais que isso...
Simone O. Marques, autora das magníficas séries Paganus e Crônicas do Reino do
Portal, nos surpreende mais uma vez com uma obra de peso, qualidade e incrível
criatividade. Aproveitando-se de mitos encravados na psique humana, ela desenvolve
uma trama arrebatadora, que o leitor não conseguirá soltar das mãos, ávido pelo
desenrolar dos acontecimentos cheios de adrenalina e em ritmo alucinante de
narrativa. Utilizando-se de figuras míticas, a autora trabalha, de forma genial, as
relações sociais em sua obra. Discute-as em vários níveis, fazendo uso dos elementos
metafóricos pertinentes ao gênero da Literatura Fantástica. É impossível não
reconhecer, em suas personagens, os diversos tipos de arquétipos que moldam o
caráter dos seres humanos. E o fato de estarem revestidos pela aura do fantástico, do
imaginário e irreal, torna ainda mais gritante essa percepção, o reconhecimento e até
a (auto?) ident ificação com tais arquétipos.
Aborda as mudanças pelas quais todos passaram, visíveis ou não, relacionando-as
diretamente a fatos fantásticos concretos e palpáveis, tornando-os identificáveis e de
compreensão imediata ao leitor. E mesmo que não seja imediata, tal informação
ficará gravada na memória, emergindo em seu próprio tempo. Junta-se a esse aparato
técnico indiscutível a criatividade e talento natos da escritora para contar histórias, e
temos o resultado ideal para o bom desempenho de um livro junto aos leitores.
Os acontecimentos giram em torno da personagem de Anya e levarão, em seu rastro,
toda uma concepção e visão artística, criada pela autora, de um dos mitos mais
antigos e fascinantes da história da literatura: o vampirismo. Uma releitura dramática,
poética, sedutora, inteligente e tremendamente atual, atingindo vários pontos da
sociedade em seus diversos segmentos. E o pano de fundo escolhido pela autora é a
cidade de Florianópolis, em Santa Catarina. Portadores, Mensageiros, Escravos,
Tutores, Protetores, Caçadores, Justiceiros, Contaminados e Anarquistas invadem a
bela Floripa, criando um painel fértil e constante de aventuras e acontecimentos
inusitados. Todos eles desencadeados pelo Ciclo do Despertar, temido por uns e
ansiado por outros.
E para cada Despertar, uma nova série de relações se estabelece, uma rede intrínseca
e irrevogável em seu ciclo contínuo, iniciado por um Mensageiro, e que arrebata seus
protagonistas para uma nova condição de existência, em diversos níveis e
comprometimentos. E é em meio aos acontecimentos desencadeados que Anya passa
a concentrar ao seu redor o abrigo e a proteção, o amor e a devoção. Mas também
despertará o ódio e a cobiça, a ambição e o desejo de matar. E a sequencia dos fatos
provará, cada vez mais, a necessidade de Anya em se conhecer, ajustar-se a nova
condição, mesmo indesejada. Encarar a verdadeira natureza por trás das “doenças"

genéticas”, que até então foram a desculpa perfeita para ocultar uma série de
segredos sobre ela, sua mãe, e sobre as pessoas que agora invadem sua vida com a
firme convicção de protegê-la... Ou destruí-la.
Personagens masculinas de personalidades fortes e cativantes, elaboradas e
complexas, orbitam Anya, cada qual desejando algo dela. Para o bem ou para o mal.
Rafael, Alexandre, Dante, Daniel, Sid, Ivan, Renato, Edgar, homens que vão do
desespero ao amor, do desejo a repugnância, do carinho a obsessão, serão
responsáveis pelo desenrolar dos mistérios e segredos que cercam a vida da
personagem protagonista. E cada nova revelação vem seguida de mais outra, em uma
sucessão de acontecimentos que fazem seus protagonistas convergirem
inexoravelmente para algo muito maior. E que poderá causar profundas e perigosas
modificações no cenário da trama. Ou, nas palavras da autora, “... representa o perigo
extremo para um e a esperança desmedida para outros...”
Para Anya, o mar de tempestades e desejos que a invadem será a porta de entrada
para a descoberta de uma vida de tentações e sacrifícios, de dores e prazeres, em
vários sentidos. O Agridoce sabor da tentação atravessou seu caminho, e dele não há
volta. E em meio a muitos perfumes, sempre estará impregnado o cheiro ácido da
morte!
Mistérios, paixões arrebatadoras, aromas insinuantes, desejos e ambições
desmedidas nortearão cada um dos acontecimentos em Agridoce. O Despertar é
apenas o início para Anya. E para o leitor...
Tudo em Agridoce convida a descoberta dos desejos, ao explorar dos sentidos, é
impossível negar seu apelo, resistir à sedução e ao encanto, envolvido em tenro sabor
de chocolate. E não se surpreenda se, ao final, sentir-se também um “escravo”,
totalmente entregue ao “portador” do Agridoce sabor de uma sedução.
Tente resistir ao pecado da gula. Espero que não tenha sorte...
Eventos
- I CONFRARIA FANTÁSTICA – dia 16/06
- Bienal SP


Linha literária – Romance Juvenil
SINOPSE
Tudo parecia perfeito na vida de Anne Sophie Wood após ser selecionada para o
concurso mais famoso de Nova Iorque: A garota Mannequim. Porém a garota nem
imagina que sua ex-melhor amiga Stacy Donavan é uma de suas concorrentes, além
de ter a difícil decisão de escolher quem será o seu verdadeiro amor: seu melhor
amigo, um modelo perigoso ou um fotógrafo que a deixa de pernas bambas? Com um
enredo romântico, cheio de humor, pitadas de mistério e uma vasta invasão ao
mundo da moda, Mannequim promete apaixonar os leitores com seus personagens
irresistíveis.





Beijos Blanc
Moda e eu

Moda e eu

7 comentários:

  1. muito legal!
    Amei Mannequim!

    ResponderExcluir
  2. Estou ansiosa por O Segredo de Esplendora. Também quero ler Manequim, mas li em trechinho de O Segredo de Espledora e deixou um gostinho de quero mais rsrs.
    Eu comprei Agridoce mas ainda não li e nao tenho previsão de ler, já que estou me dedicando ao book tour.
    Beijos flor

    @NinaHenker
    fleurdylis.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Gostei de todos, Agridoce está linda a capa!

    ResponderExcluir
  4. gente to maluco por Agridoce ! e olha meu filho aiii !!! #Mannequim !

    ResponderExcluir
  5. Ótimas indicações, pretendo ler em breve!
    Fabi

    ResponderExcluir
  6. estão de parabéns, perfeitos.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.